Missão cumprida na Guiné-Bissau | Mission accomplished in Guinea-Bissau

(english below)



Em 2018, O Programa Tatô iniciou em 2018 uma importante parceria, apoiando o IBAP - que há mais de 15 anos é a organização líder na gestão de ações de conservação das tartarugas marinhas particularmente nas áreas protegidas, e a Palmeirinha, que tem se dedicado à conscientização e educação ambiental das comunidades locais do país - na implementação de um projeto financiado pela Fundação Mava.


Durante cinco anos, contribuímos para a consolidação da conservação das tartarugas marinhas no Arquipélago dos Bijagós; partilhamos experiências através de viagens de intercâmbio para dar a conhecer os diferentes projetos que existem em São Tomé e Brasil; contribuímos para o reforço de capacidades dos atores Guineenses em técnicas de conservação das tartarugas marinhas e estratégias de sensibilização e educação ambiental; e na elaboração de ferramentas de comunicação ambiental para a sensibilização sobre a conservação das tartarugas marinhas.




Também lideramos um estudo sobre os “Comportamentos e Percepções das comunidades locais da Guiné-Bissau sobre as Tartarugas Marinhas e o seu Contexto Social, Económico e Cultural” e ainda elaboramos uma “Estratégia de Comunicação e Sensibilização para a Conservação Das Tartarugas Marinhas na Guiné-Bissau".


A partilha de conhecimentos e experiências entre pessoas empenhadas no desenvolvimento de ações de conservação, é provavelmente uma das melhores ferramentas para construir capacidades, melhorar a motivação e uma oportunidade única para fortalecer a comunicação entre as organizações com o mesmo objetivo e explorar novas abordagens e oportunidades colaborativas que podem beneficiar os objetivos de conservação.

Desejamos que os nossos parceiros guineenses continuem o magnífico trabalho que têm vindo a desenvolver. Estamos orgulhosos de termos feito parte deste incrível projeto.


Estamos juntos!



 

In 2018, Programa Tatô started an important partnership, supporting IBAP and Palmeirinha - which for over 15 years have been, respectively, the leading organization in sea turtle conservation, particularly in the protected areas, and the organization leading environmental awareness and education of local communities in Guinea Bissau - in the implementation of a project funded by the Mava Foundation.



For five years we have contributed to the consolidation of the conservation of sea turtles in the Bijagós Archipelago; we shared experiences through exchange trips to get to know the different projects that exist in Sao Tome and Brazil; contribute to strengthening the capacities of Guinean actors in sea turtle conservation techniques and strategies for raising awareness and environmental education, and to contribute to the development of environmental communication tools to raise awareness about the conservation of sea turtles.


We also lead research on the “Behaviours and Perceptions of local communities in Guinea Bissau about Sea Turtles and their Social, Economic and Cultural Context” and also a “Communication and Awareness Strategy for the Conservation of Sea Turtles in Guinea Bissau”.



Sharing knowledge and experiences between people committed to the development of conservation actions is probably one of the best tools to build capacities, improve motivation, a unique opportunity to strengthen communication between organizations with the same objective, and explore new approaches and collaborative opportunities that can benefit conservation goals.



We wish our Guinean partners to continue the splendid work they have been developing. We are proud to have been a part of this amazing project.


We are together!



0 visualização0 comentário