O que precisa saber para observar tartarugas marinhas | What you need to know to watch sea turtles

4 espécies de tartarugas marinhas desovam na ilha de São Tomé: tartaruga verde, tartaruga oliva, tartaruga de pente e tartaruga de couro




As tartarugas marinhas são protegidas por lei e as atividades de turtle watching são cuidadosamente organizadas e realizadas pelo Programa Tatô.


As atividades de observação de tartarugas marinhas podem ser experiências inspiradoras e incríveis que geram diversos benefícios, importantes para apoiar os esforços de conservação. Contudo, sem o devido cuidado e acompanhamento, estas atividades também podem ser perigosas para o bem-estar e a preservação destas espécies e os seus habitats.


Quando visitar São Tomé, procure por nós e garanta uma experiência inesquecível, guiada pela equipa do Programa Tatô, reduzindo assim o impacto causado nestas espécias sensíveis e ameaçadas de extinção.


Alguns hotéis e operadores turísticos locais trabalham em parceria com o Programa Tatô. Informe-se primeiro e procure apenas guias e operadores turísticos que têm parceria e contato direto com o Programa Tatô, de modo a garantir uma atividade bem sucedida e a ter a melhor experiência possível.



DESDE 15€ / 375 STN



As atividades de observação de tartarugas marinhas

iniciam em Novembro e terminam em Fevereiro,

com possibilidade de libertação de filhotes de tartaruga marinha até Abril.



Importante saber que:

- No pico da temporada de desova, de Novembro a Fevereiro, é proibido acampar na praia Jalé, e aconselhamos a não acampar em nenhuma praia de desova;

- Durante a temporada de desova, das19h até às 5h, as praias de desova são restritas ao público em geral, de modo a diminuir o impacto humano causado;

- Todas as praias de desova possuem uma equipa de agentes locais do Programa Tatô, altamente treinados e qualificados, que protegem as fêmeas e os seus ninhos, bem como dão acompanhamento às pessoas que desejam participar nas nossas atividades de turtle watching;

- O Programa Tatô é a única organização em São Tomé responsável e autorizada para desenvolver atividades de ecoturismo relacionadas com as tartarugas marinhas;

- Ainda é possível ver artesanato feito com carapaça de tartaruga marinha à venda em algumas lojas de artesanato, pelo que aconselhamos a informar-se primeiro e não comprar estes produtos proibidos;

- Como qualquer outra atividade de observação de vida selvagem, a observação de tartarugas marinhas não é garantida. Aconselhamos a entrar em contacto connosco para obter mais detalhes e informações;

- Não são permitidos grupos com mais de 4 pessoas por tartaruga;

- O valor pago pelas nossas atividades de observação de tartarugas marinhas reverte totalmente para apoiar as ações de conservação bem como ajuda a assegurar a sustentabilidade financeira do programa a longo prazo;

- De modo a melhorar o nosso trabalho e o nosso serviço, peça sempre um comprovativo de pagamento aos membros da nossa equipa local.



 

Conheça as nossas REGRAS DE BOA CONDUTA e garanta que respeita as tartarugas marinhas:


Observação de fêmeas reprodutoras


  1. Não visite a praia sozinho e garanta que tem marcação e uma autorização prévia para estar no local, obtida pela coordenação do Programa Tatô.

  2. Siga sempre as regras indicadas pelo agente local/guia, principalmente quando estiver na praia ou encontrar uma tartaruga.

  3. Deve esperar no local indicado, até que o agente local/guia o chame e caminhar sempre por detrás do agente local.

  4. Mantenha sempre uma distância de segurança das tartarugas de cerca de 10 metros, de modo a não perturba-la ou afugentá-la.

  5. Não bloqueie o caminho de regresso ao mar da tartaruga marinha. Acompanhe-a sempre por trás com uma distância de segurança de 10 metros.

  6. As fêmeas escolhem praias silenciosas, tranquilas e escuras para desovar, por isso não é aconselhável utilizar luz branca e artificial, fazer fogueiras na praia, colocar música na praia e fazer barulho, tirar fotografias com flash, utilizar roupas claras, andar com veículos nas praia ou deitar lixo na praia.

  7. À chegada na praia, coloque os faróis do carro no mínimo e desligue-os imediatamente após estacionar a viatura.

  8. Colocar iluminação/brilho do ecrã do telemóvel no mínimo.

  9. Não deve aproximar-se da tartaruga antes do início da desova, pois pode provocar a desistência da mesma.

  10. Proibido tocar nas tartarugas marinhas, pois pode alterar o seu comportamento, torna-las mais vulneráveis à ameaça humana, contrair doenças ou serem contaminadas com produtos químicos.

  11. Proibido tocar ou manipular os ovos das tartarugas, pois podem ficar contaminados ou não se desenvolverem;

  12. Não faça barulho durante toda a sua visita. As tartarugas marinhas são extremamente sensíveis a qualquer tipo de ruído. Assegure-se de que as crianças estejam tranquilas e próximas dos seus responsáveis.



Libertação de filhotes


  1. Não visite a praia sozinho e garanta que tem marcação e uma autorização prévia para estar no local, obtida pela coordenação do Programa Tatô.

  2. Siga sempre as regras indicadas pelo agente local/guia.

  3. Proibido tocar nos filhotes de tartaruga marinha, pois pode alterar o seu comportamento, torna-las mais vulneráveis à ameaça humana, contrair doenças ou serem contaminadas com produtos químicos.

  4. Proibido entrar nos cercados de incubação.

  5. Não bloquear o percurso dos filhotes até ao mar; mantenha uma distância de segurança de cerca de 5 metros.

  6. Colocar-se sempre atrás da sinalização indicada pelo agente local.

  7. Ter sempre atenção para não pisar os filhotes, especialmente se for no período noturno ou quando chegam à zona de rebentação das ondas.

  8. Não aconselhável a utilização de luz branca ou artificial à noite.

  9. À chegada na praia, coloque os faróis do carro no mínimo e desligue-os imediatamente após estacionar a viatura.

  10. Colocar iluminação/brilho do ecrã do telemóvel no mínimo.

  11. Não se pode tirar fotografias com flash.

  12. Não se deve entrar na água no momento da libertação dos filhotes e enquanto estes estiverem visivelmente perto da costa.



Entre em contacto a nossa equipa de agentes locais do Programa Tatô que se encontram a patrulhar as praias. Eles têm todo o conhecimento e experiência para melhor avistar estes animais e minimizar o stress causado.

Tenha uma boa visita e aproveite ao máximo este momento único e tão especial que a Natureza lhe proporciona.



Contacte-nos para marcações e mais informações: turtlewatching@programatato.pt

0 visualização0 comentário